O QUE É REAL?






















O que é real? Essa pergunta é feita ao Neo e agora é feita a você... Somos acostumados a acreditar em verdades impostas pela sociedade desde que nascemos, o conceito de certo e errado, o que é e o que não é, tudo que somos é fruto de uma imposição, somos controlados por um sistema, e por isso somos levados a acreditar em tudo, não vamos atras das verdades por comodismo,vivemos na caverna de Platão, por medo de sermos condenados como Sócrates


segunda-feira, 3 de maio de 2010

A morte não espera





Morte!
Palavra tão triste, causadora de medos
Nos tira pessoas que amamos, nos faz reconhecer o quanto as amavamos e nao sabiamos
Estamos dispostos a lutar por tantas coisas, a gritar que somos livres, a amar quem quisermos
Estamos dispostos a enfrentar Deus e o mundo por nossos objetivos, mas se ela chega...
Nossas armaduras caem e nada que façamos nos faz vencer essa luta
A luta maior esta dentro de nós, nas paredes de nossos sentimentos
Paredes que são derrubadas, ficamos sem chão, gritamos ajuda e o silêncio nos machuca
O silêncio da pessoa que amamos e que jamais vai dizer uma palavra se quer
Isso dói...
Dói tanto que achamos estar prontos pra enfrentar qualquer coisa e descobrimos na caminhada
que não é bem assim
A morte leva sentimentos e nos traz a fragilidade, a lembrança que nos leva ao choro, a morte nos traz
aprendizagem
Aprendizagem de amar e demonstrar esse amor antes que o fim chegue, de pedir desculpas por cada erro, de dizer não vai embora...
Com ela aprendi que nada que eu fizer hoje vai apagar o que fiz antes
Aprendi que por mais que alguem te ame tanto o quanto possa, ela vem e o tira de você
Ela não é piedosa e seus arrependimentos não valem de nada...
Liberte-se de seus medos, viva a vida na intensidade que desejar, ame quem quiser amar... Você não sabe quanto tempo tem... Ela nao avisa quando vai chegar e nem quem vai levar....

As minhas perdas... Sinto muito por não saber amar....

Dani Oliveira

3 comentários:

NiveaStell disse...

super legal ...brincadeirinha pela votação
beijos

Wander de Souza disse...

Parabéns Dani...

Muito bom mesmo, eu achei que ficou bem expressado os seus sentimentos em relação a morte.

Edmilson R. da Silva disse...

A morte, sempre a morte a nos lembrar que estamos vivos e que podemos, se quisermos, viver intensamente cada experiência, boas ou ruins.Mas talvez os sentimentos que temos em relação a esse tão malvado ente humano e desumano seja consequência do apego que cultivamos em nós mesmo e que está tão enraizado que já não conseguimos enxergar a naturalidade da morte, como um processo obrigatório que todo o ser vivo tem que passar. Não digo que não sofrerei com o ponto final de alguém e jamais declaro, nem afirmo que estou totalmente amarrado àquelas pessoas que amo e que são importantes pra mim, porém tento, ao menos mentalmente, me preparar pra sofrer menos possível... Tudo é mesmo relativo e cada um tem suas próprias dores...

Parabéns pelo seu texto...

Postar um comentário

AQUI VOCÊ É LIVRE

Aqui você está livre para dizer o que pensa sobre essa liberdade que disponibilizaram para nós, meros mortais; Fique a vontade para se expressar... Utilize os comentários para novas critícas se assim quiser