O QUE É REAL?






















O que é real? Essa pergunta é feita ao Neo e agora é feita a você... Somos acostumados a acreditar em verdades impostas pela sociedade desde que nascemos, o conceito de certo e errado, o que é e o que não é, tudo que somos é fruto de uma imposição, somos controlados por um sistema, e por isso somos levados a acreditar em tudo, não vamos atras das verdades por comodismo,vivemos na caverna de Platão, por medo de sermos condenados como Sócrates


quinta-feira, 29 de abril de 2010

Desaparecer

Eu não faço parte do mundo da perfeição
Eu não tenho a inocência de Alice lá daquele país
Eu não quero que mude meu coração
Eu quero ser assim, como sou, feliz e infeliz

É difícil entender o Ser, quanto mais tem, mais ele quer
É difícil fazer você entender, que não faço parte dos seus brinquedos
É difícil você enchergar que você tem virtudes que não tenho
É difícil fazer com que entenda que há virtudes que não quero ter

Existem pessoas que não quero ser
Existem momentos que não quero passar
Existem dias que desejo desaparecer
Existem coisas que não quero falar

Portanto

Eu não faço parte do mundo da Perfeição
É difícil fazer você entender que não faço parte dos seus brinquedos
E que Existem dias que desejo desaparecer, só desaparece...

Dani Oliveira

terça-feira, 27 de abril de 2010

escreva sua História

segunda-feira, 26 de abril de 2010

De quem é a culpa?











segunda-feira, 19 de abril de 2010

Demitidos por falar a verdade em rede nacional



Outro caso

sábado, 17 de abril de 2010

Uma das mais lindas poesias que ja ouvi e decorei

Ode a Corrupção- Recitado por Ana Carolina

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Conhecem o termo CIRCO ELEITORAL?

ESTA PERTO DE ARMAR AS BARRACAS OUTRA VEZ

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Todo Jornal deveira ser assim

"Canto a Fidel"



Vamos ardoroso profeta da alvorada,
por caminhos longíquos e desconhecidos,
liberar o grande caimão verde que você tanto ama...
Quando soar o primeiro tiro
e na virginal surpresa toda a selva despertar,
lá, ao seu lado, seremos combatentes
você nos terá.
Quando sua voz proclamar para os quatro ventos,
reforma agrária, justiça, pão e liberdade,
lá, ao seu lado com sotaque idêntico,
você nos terá.
E quando o final da batalha
para a operação de limpeza contra o tirano chegar,
lá, ao seu lado, prontos para a última batalha,
você nos terá.
E se o nosso caminho for bloqueado pelo ferro,
pedimos uma mortalha de lágrimas cubanas
para cobrir nossos ossos guerrilheiros no trânsito para a história da América.
Nada mais.

Che Guevara

domingo, 11 de abril de 2010

TO VENDO TUDO- ZÉ RAMALHO

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Melo da politicagem

quarta-feira, 7 de abril de 2010

HOMOFOBIA

O assunto ta na moda né, as pessoas deveriam se preocupar mais com suas próprias vidas... e deixar que os outros amem aqueles que sentem vontade de amar...

POEMA DO CRACK

Eu destruo casas, invado famílias desestruturadas,
Tomo seus filhos, e isso é só o começo.
Sou mais precioso que o diamante e mais valioso que ouro.
Se precisar de mim, sou facilmente encontrado
Eu vivo perto de você, nas escolas e na cidade
Vivo com os ricos, vivo com os pobres,
Vivo nas ruas e talvez na porta ao lado
Sou feito em laboratório, mas não como você pensa
Também posso ser feito na cozinha
O meu poder é impressionante, prove-me e verá,
Prove-me duas vezes e invado a sua alma
Depois de te possuir, você roubará, você mentirá
Os crimes que você cometer para os meus encantos
será o valor que você sentirá em seu corpo
Você esquecerá sua moral e como lhe foram ensinadas
Você perderá a consciência e vou moldá-la à minha maneira
Vou ter tudo de você, a sua aparência e o seu orgulho
Vou estar sempre com você, direto ao seu lado
Você desistirá de tudo, da sua família, do seu lar
Dos seus amigos, do seu dinheiro, então você estará sozinho
Vou tomar e levar, até você não ter mais nada para dar
E quando eu terminar com você, você terá sorte por ainda estar vivo
Posso lhe trazer mais sofrimento do que palavras podem dizer
Vem, segure a minha mão, deixe-me levá-lo ao inferno.
(Almanaque de Maringá)

segunda-feira, 5 de abril de 2010

11 de Setembro> EUA mocinho ou bandido? Pense o que quiser e critique o quanto puder

quinta-feira, 1 de abril de 2010

Que país é esse?





Que país é esse!
Esse é o seu país?
Esse é o país do Chico, do Machado.
Do Ruí, do Patativa e do Vinícios?

É sim!!!

País do supletivo, da indústria do vestibular.
Páis da safra de milhões,
Da fome nas favelas e sertões.

De quem é esse país?

É do engodo do futebol.
Vive na ilusão, domado,
Por uma rede de televisão.

País de um operário presidente, Mas que não é um presidente operário.

País de um severo desemprego,
E de um Severino Nepotista.

País rico por natureza, mas beija,
Os pés Yankees por fraqueza.

País do carnaval, da máscara social,
Do bandido fardado, do voto comprado.

Esse é o seu país?
Não esse não é o seu país, MANOEL.
Nem o meu!

Esse é a terra do "jeitinho" da disparidade,
Povo "sem" personalidade.

Sua capital, COVIL, é um condomínio de parasitas.

"Vou-me embora de Brasagarda
Aqui não sou amigo do Rei!
Não tenho o salário que Quero,
Nem a casa que sonhei"


Esse poema é do escritor e poeta Janderson Cunha, um grande amigo